23 junho 2014

Numa tarde de domingo...


Nesse primeiro domingo de inverno desse ano fez um dia lindo de sol e céu azul que não dava pra ficar dentro de casa. Então, o que eu fiz? Fui dar uma volta no parque que tem perto de casa e aproveitar pra tirar umas fotocas com a cinquentinha. Então, pra não fugir do costume, vou deixar algumas das que eu mais gostei por aqui para que vocês vejam!



Até a próxima!  

20 junho 2014

10 motivos para se tornar um Arquiteto e Urbanista


Há algum tempo venho pensando em falar aqui no blog sobre motivos que me fizeram começar a trilhar minha carreira para me tornar uma Arquiteta e Urbanista. E já que eu já passei por esse processo de pesquisar carreiras e escolher a que eu mais me identificava, acho que posso falar um pouco disso por aqui. Dentre algumas dúvidas se era realmente isso que eu queria pra minha vida, já cheguei a pensar até em fazer Medicina Veterinária por gostar de biologia e de animais, mas... não tinha jeito, Arquitetura e Urbanismo, desde pequena (sim, quando eu era criança) e sem saber muito sobre essa carreira, de alguma forma tomou meu coração! Tudo bem que não cheguei ainda nem na metade do curso na faculdade, nesse momento estou terminando meu 3º período, pode ser que mais lá pra frente eu veja que não era isso que eu realmente queria, mas por enquanto, só posso dizer o contrário: é o que eu sempre quis!


Então, resolvi reunir 10 motivos, pensados por uma mera estudante de Arquitetura, para se tornar um Arquiteto e Urbanista. (Quem sabe eu não ajude alguém com dúvidas a se decidir sobre sua carreira, não é?)

1- Realizar o sonho de alguém. Transformar as ideias de um cliente em um projeto e torná-lo real, por meio da construção do mesmo. E depois poder ver e passear pelas suas ideias somadas às ideias do cliente todas ali bem na sua frente concretizadas! Deve ser uma sensação ótima e recompensadora ver seu projeto finalizado e um cliente feliz e realizado!

2- Usar a criatividade. Criar coisas novas. Usar novas e melhores ideias para o bem estar de todos que usufruirão do seu projeto de alguma forma. Ou seja, não só fazer apenas um prédio lindo e maravilhoso esteticamente sendo que na hora do uso ele não servirá para nada, não proporcionará nenhum bem estar. Arquitetos, entre suas múltiplas funções, projetam para facilitar a vida do cliente, pensam nos detalhes que ninguém havia pensado antes. Muitas pessoas que não conhecem o trabalho dos Arquitetos, às vezes os subestimam e acabam por fazer seus "projetos" sem o auxílio dessa pessoa que estudou 5 (ou mais) anos para isso. E aí aquela coisinha que tanto te incomoda nesse "projeto" que você fez sozinho poderia ter sido evitada e pensada de outra maneira e você teria gastado menos, pois não precisaria ter consertado, ou simplesmente não precisaria ter se incomodado e poderia ter saído mais satisfeito;

3- Estudar e entender como foram feitas as construções no passado e tirar o melhor proveito das descobertas e técnicas já realizadas e pensadas naquelas épocas que são utilizadas e melhoradas a cada dia. Sem contar que eu, pelo menos, acho super legal estudar algo como, por exemplo, história aplicada à Arquitetura ou à Arte e na hora de viajar, ver várias coisas que você já estudou e saber exatamente os motivos de tudo aquilo ter sido feito daquele jeito;

4- Desenvolver um senso crítico e a capacidade de observar e analisar os espaços a sua volta. Analisar e conhecer projetos já realizados por outros Arquitetos, sejam eles famosos ou não;


5- Se preocupar com as questões sociais. Projetar pensando no entorno, como seu projeto irá afetar as pessoas que passam por ele e as que fazem uso dele. Pensar na estética, no paisagismo, no conforto, na sustentabilidade, na viabilidade, nas características de seus usuários, em quanto dinheiro pode ser economizado quando todos os detalhes são pensados e estudados previamente, entre outras muitas coisas;

6- Enquanto cursar a faculdade, se descabelar à cada maquete de projeto que está para fazer, cada vez mais se espantar com o volume de trabalhos que à medida que o tempo passa aumentam mais (e a tendência é só piorar, não tem jeito!) e mesmo assim sentir aquela satisfação no fim de tudo isso, aquela sensação que mesmo que o seu projeto, seu trabalho, sua maquete não tenham ficado entre os melhores da turma, você simplesmente fica satisfeito com seu crescimento individual, com a experiência adquirida durante esse tempo que você se esforçou, pesquisou, pensou nas melhores soluções possíveis para produzir algo que você gosta de fazer. Por mais que o processo de tudo isso seja árduo, se você realmente gostar e ter consciência de que cada dia é uma chance para melhorar e aprender, o final vai valer à pena;

7- Buscar cada vez mais viajar, conhecer lugares novos, ser bastante curioso e, é claro, não esquecer de ler vários e bons livros. São formas maravilhosas de se aprender coisas novas. Viajar é algo que se torna fundamental. Sempre que tiver uma oportunidade de tirar um tempo para isso, nunca a deixe de lado. Estar presente nos lugares que você tanto leu e ouviu falar nos seus estudos com certeza fará você aprender mais sobre aquilo, e às vezes, até ficar sabendo de algo que através das salas de aula da faculdade, você não teve oportunidade de saber;

8-  Poder trabalhar em várias áreas diferentes como: a área de edificações, paisagismo, conservação e preservação de patrimônios históricos e culturais, restauro, interiores, urbanismo, cenografia, comunicação visual, design gráfico, projetar móveis e utensílios, entre outras;

9- Estar sempre antenado às coisas que acontecem pelo mundo afora. Afinal, você vai precisar de informações vindas de diversas áreas. Você precisará cumprir a legislação de cada local também. E terão vezes que você precisará pesquisar sobre algo que você nunca havia projetado antes durante seu período de estudo na faculdade. Por ser impossível saber fazer tudo, existem Arquitetos que se especializam em alguma área específica (como exemplos: área residencial, comercial, design de interiores, hospitais, urbanismo) e só trabalham com suas especialidades.

10- Gostar do que faz, do que estuda. Se aprimorar cada vez mais para estar atualizado e preparado para fazer uso de novas técnicas e tecnologias. Isso tudo sem pensar no retorno financeiro que isso lhe trará. O retorno é apenas uma consequência de um trabalho feito com gosto e amor. Porque quando se trabalha com o que se gosta, se sente mais felicidade e realização e tudo que vem a partir disso é uma recompensa.


Espero que tenham gostado dos 10 motivos e que todos eles tenham servido para alguma coisa, nem que seja só para uma breve noção do que é a Arquitetura e Urbanismo e os Arquitetos em sí! Me desculpem e me corrijam se escrevi algo errado, ok? E o mais importante: nunca se esqueçam de fazer algo que amam. E não por obrigação ou pela remuneração. Ninguém é feliz fazendo algo que não gosta, certo?


Créditos: Croquis do Arquiteto Norman Foster.

17 junho 2014

Fica a dica: VSCO Cam (App)

Quem me acompanha aqui e vê meus posts sobre fotografia sabe que eu sempre digo que não gosto de editar fotos e tento fazer tudo do meu jeito na própria câmera fotográfica na hora que tiro as fotos. Sim, isso é verdade. Mas ultimamente um aplicativo de fotografia me cativou tanto que passei a gostar de editar - às vezes - algumas fotos, mesmo que seja só pra ver como fica e voltar pra original novamente. Mas, mesmo assim, nada de edição super pesada, sabe? Gosto apenas das edições leves que complementam sua foto sem tirar a essência dela quando foi capturada, aquele filtro preto e branco, aquele que dá um toque vintage à sua foto, um ajuste de contraste, entre outros.

Então resolvi começar uma nova tag no blog chamada "Fica a dica" (afinal, quem não gosta de dicas?) com uma dica valiosa pra quem gosta de tirar fotos e depois editá-las criativamente no seu próprio celular iPhone ou Android. Vou inaugurar a tag falando sobre o app famoso e o que eu mais tenho usado, que é o VSCO Cam!


Você pode salvar e compartilhar suas fotos sem perder qualidade em vários lugares direto do app! Prático e fácil! Importante lembrar que você pode editar sua foto e rapidamente desfazer de algo que você não tenha gostado sem perder as edições anteriores. E quando você salva suas fotos, você não perde sua foto original pois ele não substitui ela e sim salva outra foto, só que editada! 


É possível selecionar várias fotos e salvá-las ao mesmo tempo e até compartilhar. E fazer edições como ajustar contraste, saturação, rotacionar, cortar, vinheta, granular, dentre vários outros super legais.


Existem várias opções de filtros e, o melhor de tudo, você pode controlar a intensidade de cada um sobre sua foto pra ela ficar do jeito que você gosta!


Agora vejam comparações de fotos que eu editei x originais:


O importante é usar filtros com moderação. Edições muito exageradas acabam tendo o efeito contrário, ou seja, acabam estragando e enfeiando sua foto. Mas mais importante ainda é usar do jeito que mais te agrada, certo? Mas sem deixar o bom senso de lado!

O aplicativo está disponível pra iOS e Android e é gratuito (quer coisa melhor que isso?). Se quiser saber mais sobre o app além da minha opinião sobre ele, clique aqui.

Espero que tenham gostado da nova tag "Fica a dica" e da dica inaugural VSCO Cam e já estou preparando novas dicas pra vocês!

Até a próxima!

06 junho 2014

6 on 6 - Junho - Preto e Branco

O "6 on 6" é um projeto fotográfico onde 6 blogueiros postam 6 fotos no 6º dia de cada mês com um tema em comum determinado pelo grupo.

O tema do mês de junho é o velho conhecido "preto e branco". Não sei vocês, mas acho elegante foto preto e branca, passa um ar mais sério, mais sóbrio, diferente das fotos coloridas. Então, vamos ver as 6 fotos que selecionei pra este tema!


Confiram as fotos dos outros blogueiros participantes do projeto:


Espero que tenham gostado do meu lado preto e branco de ver a vida através das lentes da minha câmera! 

Até o próximo 6 on 6!

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo