30 julho 2015

[Receitinha] Kartoffelpuffer


Depois de muito tempo sem fazer nenhum post de receitinha aqui no blog... voltei com uma receitinha típica alemã chamada Kartoffelpuffer (ou em português panqueca/torta de batata). A receita é muito simples, os ingredientes são bem básicos e podem ser encontrados em qualquer lugar.

VOCÊ VAI PRECISAR DE:
- 10 batatas (de preferência aquela asterix)
- 02 ovos
- 1 xícara de farinha de trigo
- sal e tempero a gosto
- 01 cebola

MODO DE FAZER
01 - Descasque e rale as batatas. Como são muitas batatas na receita, é indicado deixá-las numa vasilha com água fria enquanto não termina de descascar/ralar as outras para que elas não escureçam.


02 - Descasque e rale a cebola (ou corte em pedaços pequenos) e acrescente à mistura:


03 - Bata os dois ovos e misture-os junto às batatas e cebolas com o sal a gosto



04 - Acrescente a farinha de trigo sempre misturando bem e depois faça bolinhos ou apenas complete ela não muito grossa em uma frigideira ou airfryer


05.1 - Eu testei fazer na AirFryer para ser mais saudável e sem óleo (ao contrário da receita original em que ela é frita com óleo) e deu certo! Lógico que há uma certa diferença quando comparada à que é frita com óleo (tudo que faz mal a gente gosta mais, não é?) mas FICA BOA DO MESMO JEITO!


05.2 - Se você preferir, pode fritar também na frigideira com óleo mesmo!


O bom dessa receita que ela é bem versátil e pode ser usada tanto como acompanhamento salgado quanto doce. Ela pode ser servida com requeijão (ou catupiry), purê de maçã ou geleia de frutas vermelhas. Eu nunca provei ela com os acompanhamentos doces, por enquanto só com requeijão! Então, fica à preferência de cada um!


Espero que tenham gostado e façam essa receitinha super fácil! 
Beijos e até a próxima receitinha! 

28 julho 2015

[Decoração] Cobogós na arquitetura

Você já ouviu falar em cobogó? Pra quem não sabe, cobogó é um tipo de elemento vazado que complementa parede tendo uma função de auxiliar na ventilação e luminosidade no interior de um imóvel. Inicialmente os cobogós eram feitos apenas de cimento mas com sua popularização passou a ser feito de outros materiais também como argila, cerâmica, vidro, entre outros.

Eu particularmente acho que cobogós podem ser grandes aliados da decoração de interiores e podem fazer bastante diferença quando aplicados de forma pensada. Quando colocados como fechamentos numa fachada, combinados com iluminação natural podem gerar efeitos bem interessantes do lado de dentro da construção. E nas fotos seguintes vocês entenderão o motivo!









Acho que com essas fotos todas já deve ter dado pra perceber suas inúmeras formas de aplicação e seus inúmeros efeitos!

Espero que tenham gostado do post e que tenham (re)conhecido esse material que amo tanto!

15 julho 2015

[Decoração] Transparência!

Quem gosta de decoração, arquitetura, design de interiores provavelmente já deve ter notado que mobiliários transparentes, principalmente cadeiras, têm sido muito utilizados ultimamente. Eu particularmente adoro ítens coloridos mas também gosto muito das cadeiras transparentes.

Hoje venho com algumas inspirações de decoração com ítens 'transparentes', sejam eles de vidro ou acrílico! 





Viu só como há várias opções de utilização de elementos transparentes na decoração? Desde cadeiras, prateleiras, nichos, mesas, luminárias/lustres até como cubas/lavatórios! Deixe sua criatividade fluir e aposte nessa 'tendência' transparente em algum cantinho da sua casa! 

Espero que tenham gostado das inspirações de hoje! 
Beijos e até o próximo post!!

09 julho 2015

[Arquitetura] Reforma de um apartamento em Belo Horizonte

Quero começar esse post primeiramente me desculpando por toda ausência de posts por aqui! É porque a vida de estudante e estagiária de arquitetura não tem me deixado ter tempo pra fazer coisas que não sejam estudar e trabalhar! Acho que quem trabalha e estuda sabe bem como é isso. Mas agora entrei de férias da faculdade e estou de volta pra mostrar algumas coisas que fiz durante esse tempo corrido em que me distanciei do blog! Se preparem para o post gigante!


Esse período que passou tive uma matéria na faculdade chamada 'Interiores Residenciais' e o trabalho final era uma reforma e junção de 4 apartamentos duplex (que são posicionados um ao lado do outro) em um só no Conjunto Governador Juscelino Kubitschek, em Belo Horizonte (MG) para uma grande família com um casal, suas três filhas e um bebê que seria futuramente adotado. E eu fiz em dupla com uma amiga minha, Fernanda Assis.

Tivemos um mês ou menos pra fazer as muitas exigências relacionadas a esse trabalho (e outros paralelos + provas) então imaginem a loucura! (Quase enlouqueci de vez, mas no fundo eu vejo o quanto amo isso tudo!)




O perfil dos moradores era o seguinte: 

Como o projeto do edifício é dos anos 50, feito pelo Oscar Niemeyer, os moradores quiseram que houvesse uma "releitura" dos anos 50 mantendo algumas características originais do apartamento e utilizando alguns mobiliários da época mesclado com o estilo mais contemporâneo.


Optamos por fazer a área social toda integrada com sala de estar, jantar e cozinha, na área de pé direito duplo e aproveitamos para fazer um forro de madeira curvo, remetendo à Igreja de São Francisco de Assis da Pampulha, projetada também por Oscar Niemeyer. O piso de taco original foi mantido assim como as esquadrias. Escolhemos utilizar alguns mobiliários modernos mesclados com um design contemporâneo, como por exemplo a parede da sala de estar que é um "quadro de revestimento" que, recuado um pouco dentro da parede, recebe uma iluminação cênica, dando um efeito super interessante na parede mais alta. Vale lembrar que o tapete da sala de estar não é de pele de animal, é sintético. Somos contra a utilização de tapetes com pele de animal. 



Optamos por uma cozinha mais neutra para não escurecer o ambiente e com armários com sistema leve toque que servem de despensa e uma 'ilha' com equipamentos como forno, microondas e lava-louças. Utilizamos no piso e na parede acima da bancada molhada azulejos hidráulicos. Na área de bancada seca, as cadeiras são do Charles Eames que também remete a época da construção do edifício. 


Ao lado da cozinha, há a lavanderia, onde utilizamos também revestimentos (esse  por sinal é muito amor!), com uma paleta neutra e também espelhos nas paredes. A bancada é de mármore travertino. 



Na outra porta ao lado da lavanderia, há a adega, pensada para o Américo, que adora beber um vinho, feita num estilo amadeirado com nichos, armários e com toques modernos de papel de parede e cimento queimado, cadeiras pretas Allegra e mesa branca Tulip do Eero Saarinen.


Há a sala de home theater, ainda no primeiro nível (pavimento social), localizada abaixo da sala de estudos no pavimento superior, bem aconchegante e com um lavabo bem ao lado. Utilizamos um revestimento 3D na parede inteira atrás do sofá e mobiliário todo em madeira.



No segundo nível e acima da sala de home theater, um pouco elevada do pavimento dos quartos, há a sala de estudo pensada para as meninas, com uma parede de quadro negro, uma de papel de parede e com cobogós que acompanham o movimento do forro de madeira para entrada de luz e ventilação através do pé direito duplo que se situa logo atrás dos cobogós. A mesa é de acrílico transparente e as cadeiras Allegra brancas. Há também a poltrona Eames na sua versão branca próxima aos nichos de livros e luminária de chão, para leitura. Colocamos pendentes de bulbo exposto das lâmpadas concentrados na área de estudo. 


O quarto da Clara é junto com o da Ádria devido ao fato da Ádria estar pretendendo se mudar para Guarujá com o noivo. Então, por causa disto, fizemos um quarto onde tivesse uma cama pra a Clara e um sofá cama para quando Ádria visitasse os pais. Ele é posicionado de frente para a sala de estudos devido a Clara utilizar mais ele do que as outras irmãs, por estar no ensino médio. As cores predominantes são as cores que as duas mais gostam, amarelo e branco. Fizemos nichos amarelos desencontrados para a coleção de óculos de sol e esmaltes da Clara, situados na parede da mesa de estudo. Foi feita uma faixa de papel de parede no meio da parede para dar uma descontraída no ambiente neutro. 


O quarto da Maria, estudante de arquitetura, foi pensado nas cores que ela mais gosta, branco e cinza e é situado ao lado do quarto de Clara e Ádria. Idealizamos uma estante super original, toda em aço num conceito mais desconstrutivista, para servir de apoio para TV e para expor livros e objetos decorativos. E, combinando com a estante, duas mesas de cabeceira espelhadas num formato bem desconstrutivista. Foi também projetada uma mesa branca com laterais arrendondadas posicionada bem a frente da janela, se beneficiando da iluminação natural. Colocamos a poltrona Swan para essa área de trabalho da estudante de arquitetura. Abaixo da cama e centralizado ao quarto há um tapete felpudo bege. As paredes são em cimento queimado e há uma faixa branca na direção da cama que passa pelo teto até chegar a estante, como um túnel com spots de led embutidos direcionados para a estante. 


O banheiro das meninas é em sua grande parte nas cores que elas mais gostam: amarelo e cinza. Fizemos uma bancada curva de silestone amarillo gea acompanhando a curvatura da parede com uma cuba de apoio preta. E como gostam de maquiagem, criamos uma área de maquiagem e espelhos venezianos.


O quarto do futuro bebê adotado é entre o quarto de Maria e o quarto do casal. Como os moradores não sabem ainda o sexo do bebê, o quarto foi todo pensado de forma neutra com marcenaria em fórmica branca com nichos iluminados para expor os brinquedos e armários. A decoração das paredes fica por conta de um papel de parede neutro com várias nuvens. Na parede atrás do berço há três nuvens com iluminação por trás. Acima, há um rebaixo em gesso onde há iluminação que remete a um céu estrelado. Há também um tapete redondo branco felpudo logo abaixo do berço e centralizado ao quarto.


A suíte do casal é bem neutra e simples. Há um painel de madeira para a televisão com nicho embaixo. E através da entrada do quarto do casal, se têm acesso ao closet com marcenaria toda planejada, banheiro, escritório do Américo e ateliê de costura da Ivone. 


O banheiro do casal possui duas cubas esculpidas de vidro, um espelho grande acima da bancada fixado na frente da parede revestida com mármore, uma banheira retrô situada acima de uma faixa de mármore num tom de vinho (que remete a cor preferida da Ivone - tons avermelhados) que vai da parede ao chão. O box, bem iluminado com spots embutidos no rebaixo de gesso. E a bacia sanitária fica posicionada num plano mais afastado/escondido.



O escritório foi pensado em tons azulados e branco, remetendo ao gosto de Américo pelo azul, fizemos a mesa azul e a parede atrás da estante no mesmo tom. A mesa é suspensa através de um pano de vidro ligado a laje e engastada na parede. Na parede lateral, há uma outra mesa, mais abaixo da mesa azul, direcionada ao ateliê de Ivone com uma máquina de costura e seus utensílios. E atrás da mesa azul, nessa mesma parede, há um armário baixo que serve de apoio para impressora e para guardar coisas de escritório. 



PLANTA DOS QUATRO APARTAMENTOS ANTES DA REFORMA:


PLANTA DA REFORMA COM LAYOUT:

Espero que tenham gostado do nosso projeto! 
Não deixem de comentar pra eu saber! :)

O próximo post será sobre meu projeto final de ateliê de projeto V - uma torre bioclimática! Aguardem :)

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo